Meu Perfil
BRASIL, Nordeste, MACEIO, Homem, Tenho Licenciatura em História...



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Jornais: Brasil e mundo
 FUTEBOL AO VIVO
 RÁDIO JORNAL RECIFE
 TUDO NA HORA - O portal de notícias de Alagoas
 CADA MINUTO: O portal de notícias de Alagoas...
 Malandrinho
 Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Blog de deoqueiroz
 Blog leilepinto
 Blog da Maze Oliver
 Blog do Miguel-literaturando
 Blog da Olívia
 Blog da Gisa - Coisinhas
 Blog de bandeira - eduarda
 Blog da Bárbara Bento
 Blog certezas incertas
 Kantinho da Edite
 Blog do Vírgilio - saudações caetés
 Blog de Ronaldo Coelho Teixeira
 Blog da Isabella - Crônicas do universo feminino
 Blog do Luís Antônio Ettore - Futebol em Foco
 Blog do Negão
 O JARDIM ZEN-ENERGIA COM FENG SHUI
 A vida de um Garoto
 Blog de alonsopimentel
 Desculpe, não ouvi!


 
Blog do Roberto Alexandre: O capitalismo mata, explora, cala, rotula, destrói os valores fundamentais do ser humano...


Contemplação

                         

                                                                                                                              http://cdn.mundodastribos.com/photobucket/mansao_2.jpg

Uma criança alegre e feliz vivia correndo nos belíssimos jardins da mansão. A menininha Alice, filha da copeira, sempre que podia vivia brincando e usufruindo a belíssima paisagem. Até a copeira nas horas vagas corria junto com Alice.

Manoel Nóbrega (capitalista convicto) era o dono da gigantesca moradia. Ele de fato era proprietário da mansão, mas, por mais absurdo que seja não tinha tempo para contemplar a beleza de seu palácio... O rico pobre homem trabalhava demasiadamente, era um grande líder em sua profissão, mas, estava muito longe de ser líder de si mesmo.

O Senhor Nóbrega vivia murmurando cansaço pelos cantos. Não se dava conta que era muito rico, porém era um miserável emocionalmente, não conseguia desenvolver sua tranqüilidade e prazer de viver.

A Dra. Izadora (sua esposa) passava mais tempo nos hospitais do que em casa... Bráulio (seu filho mais novo), criatura extremamente fútil estava enfiado nos livros, pois o vestibular estava batendo na porta. O garoto estava envolvido pelo cárcere da insegurança, ansiedade, solidão... Medo!

Gabriela (a filha mais velha) era uma renomada bióloga... Dava aula numa importante faculdade... Já estava no último ano do doutorado, não tinha tempo nem para comer direito... Para piorar vivia envolvida pela sua vaidade tola.  

Na verdade, quem tinha tempo de correr nos jardins, contemplar a beleza das flores, das obras de artes, dos talheres e louças... Imponência do palácio eram seus empregados. Então, quem era o rico em tranqüilidade, contemplação, boas risadas? A vida para os empregados tinha outro sentido...

 



Escrito por Roberto Alexandre às 19h22
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]